Realizada de forma virtual no dia 15 de abril, a sessão plenária Nº 760    do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) foi conduzida pelo presidente, Eng. civil Juares Samaniego, e os membros da diretoria:  diretor –financeiro, Eng. civil, André Luiz Schuring, diretor-administrativo Eng. sanitarista Valmi Simão e o vice-diretor administrativo, Eng. eletricista.

Na oportunidade, foram julgados dois processos de registro de pessoa física, 12 de Infração a legislação e um de cadastramento de curso   superior de Tecnologia em Geoprocessamento do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

O diretor financeiro, Eng. civil   André Luiz Schuring, apresentou os demonstrativos contábeis dos meses de dezembro de 2020 e de janeiro 2021, além da prestação de contas de 2020.  A ata da reunião de março foi aprovada pelo pleno.

Durante a plenária virtual, o conselheiro Eng. florestal Ronaldo Drescher propões a premiação para os melhores formados de cursos de modalidades do Sistema. Na ocasião, os conselheiros presentes colocaram como pauta a entrega de carteira provisória aos novos profissionais do Sistema Confea/Crea juntamente com a premiação.

Para o presidente Juares, a ideia é que cada representante das cinco Câmaras Especializadas do Plenário entregue no dia da formatura esse documento ao formando. Proporcionando a aproximação entre Crea-MT, entidade de classe e os novos profissionais.  De acordo com as propostas, o presidente do Crea-MT sugeriu   que os assuntos sejam colocados em pauta nas reuniões das Câmaras Especializadas do Regional.

A coordenadora da Comissão de Renovação do terço (CRT), conselheira, Eng. civil Luanna Cristina Lima comunicou o envio de oficio para as entidades de classe e instituições de ensino   para a composição do plenário do Crea-MT para o exercício 2022, solicitando o encaminhamento da relação de documentos até o dia 07 de maio para a CRT.

As reuniões das Câmaras Especializadas de Civil, Agronomia, Florestal, Elétrica e Geo/ Minas e Industrial foram realizadas durante a semana, também de forma virtual, onde os coordenadores e membros analisaram vários processos.

O gerente de Fiscalização do Crea-MT, Jakson Paulo da Conceição fez uma explanação do planejamento   das ações fiscais deste ano em Mato Grosso para a Câmara Especializada de Engenharia Civil (CEEC). De acordo com o coordenador da CEEC do Crea-MT, Eng. civil Darci Lovato   foi criado um Grupo de Trabalho (GT), para acompanhar a fiscalização. O gerente de Fiscalização do Regional solicitou o encaminhamento de assuntos prioritários da CEEC para serem inseridos no plano de ação fiscal.   Na oportunidade foram deliberados processos relatados pelos conselheiros, bem como acompanhamentos dos Grupos de Trabalho de Educação à Distância (EAD) e da legislação de interesse da Engenharia no Senado Federal e temas correlatos de outros grupos criados.  Também foi tratado sobre a pauta: atribuição profissional referente a geração de energia fotovoltaica.

As Câmaras Especializadas são órgãos decisórios no que diz respeito a examinar e decidir todos os assuntos relacionados à fiscalização do exercício profissional e as infrações ao Código de Ética que chegam ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT).  Cada câmara tem como objetivo examinar e julgar os assuntos relacionados à fiscalização do exercício profissional e sugerir medidas para melhorias nas atividades do Conselho e sua região de atuação.

Elas são compostas por conselheiros regionais e seus suplentes, que representam instituições de ensino superior e entidades de classe, em diversas  modalidades que compõem o Sistema.

 

Texto:  Cristina Cavaleiro/ Fotos: Rennan  Kawahara/  Gerência de Relações Públicas, Marketing e Parlamentar (GEMAR)