parar instantaneamente Parar um veículo em movimento não é uma operação tão simples quanto parece. Pisar no freio não significa parar instantaneamente. Certamente você irá parar, mas a questão é ONDE? Em cima do veículo da frente? Em um muro? Debaixo de um caminhão? Ou simplesmente parar a tempo de evitar algum acidente? A partir do momento em que você prevê o perigo e decide frear, até o momento da parada, o veículo percorreu um certo espaço chamado “Distância de Parada - DP”. Para melhor compreendermos a DP, vamos dividi-la em duas: “Distância de Reação - DR” e “Distância de Frenagem - DF”. A DR é o espaço percorrido pelo veículo desde o momento em que você percebe o perigo até o momento em que aciona o freio. Estudos indicam que este tempo médio de reação, para motoristas em condições normais, é de 1 segundo. Rápido? Não o suficiente para evitar um acidente. Se estiver a 72 km/h o espaço percorrido neste 1 segundo é de 20 metros! Lembre-se de que um dia cansativo, ou preocupante, ou triste, ou mesmo feliz, altera significativamente seus reflexos. Como foi seu dia hoje? E dos outros motoristas ao seu redor? A DF é o espaço que o veículo percorre desde o momento em que o freio é acionado até o momento em que o veículo pára. Varia principalmente em função da velocidade, da condição dos pneus e freios, do tipo e condições do piso. Você sabia que um automóvel de passeio, a 80 km/h, com motorista em condições normais, transitando em piso de asfalto seco, com pneus e freios em bom estado, precisa de aproximadamente 50 metros para parar?! A escolha é sua: ou mantém uma “distância segura - DS” do veículo que vai à sua frente e fica atento à distância mantida pelo veículo que está atrás de você, ou logo vai se envolver em algum acidente. Se é que já não se envolveu. Luiz Roberto M. C. Cotti Sócio-Diretor da MC7 Marketing do Conhecimento Especialista em Gestão de Frotas 11.9357.7310 - 11.3051.6771 cotti@mc7.com.br