Coordenador nacional de 2020 das Câmaras Especializadas de Geologia e Engenharia Minas (CCEGEM), o conselheiro do Regional Mato-grossense, geólogo Caiubi Emanuel Souza Kuhn, participou virtualmente direto da Alemanha da reunião ordinária da CCEGEM em Brasília, sexta-feira (12/02), onde apresentou o balanço dos trabalhos realizados à frente da coordenação da CCEGEM, onde foi aprovado o relatório de gestão.

“ Em um ano atípico, marcado pelas limitações impostas pela pandemia, a CCEGEM analisou 24 propostas, sendo que 23 foram aprovadas e uma reprovada. O conjunto de documentos produzidos pela coordenadoria, visa responder 100% das demandas apresentadas na Decisão do Plenário do Confea n° 0044 e no plano de trabalho aprovado na primeira reunião do ano”, detalhou Caiubi.

Na oportunidade, o geólogo, explanou que durante o encontro também foram debatidos outros assuntos pertinentes, tais como, as decisões do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), sugerindo ações do Confea para assegurar o direito dos profissionais da Modalidade de Geologia e Engenharia de Minas, e também para assegurar a defesa da sociedade.

“Além de realizar a discussão sobre temas relacionadas a fiscalização do exercício profissional, por meio de mesas redondas, com a participação de parlamentares, conselheiros federais, representantes de órgãos públicos, lideranças de entidades de classes e conselheiros regionais. Outro tema debatido foi a Tabela de Ordens e Serviços (TOS), onde na última reunião do ano de 2020 a CCEGEM aprovou uma proposta com sugestões de mudanças na tabela nacional”, explicou o conselheiro do Crea-MT.

 

Cristina Cavaleiro/ Gerência de Relações Públicas, Marketing e Parlamentar (GEMAR)