Apesar de técnicos do Ministério da Agricultura terem avaliado no começo da semana como "normal e razoável" a alta dos preços do álcool nas usinas e nos postos de combustíveis, o assunto foi tema de encontro na manhã de ontem entre o presidente Lula e o ministro da Agricultura, Luís Carlos Guedes Pinto. O fato do tema ter tomado a maior parte do encontro mostra que há no Palácio do Planalto preocupação em relação ao abastecimento de álcool no mercado interno. De acordo com levantamento semanal do Cepea/USP, o preço médio do litro do hidratado aumentou 4,59% na última semana nas usinas paulistas. Nos postos, a alta foi de R$ 0,10 por litro na passagem do ano. Fonte: A Gazeta.