28 presidentes e sete conselheiros serão eleitos *Eng. agrônomo Ricardo Veiga vice-presidente no exercício da Presidência do Confea Estar à frente de um conselho de regulamentação profissional, seja Federal ou Regional, ou ainda integrar seu corpo de conselheiros, significa representar, no caso do Sistema Confea/Crea, perto de 900 mil profissionais da área tecnológica brasileira. Comparada a medidas, quilômetros, por exemplo, essa representação cobriria todo o território nacional, já que os profissionais que representamos estão por toda a parte: nas florestas, nos campos de petróleo, nas minas, nas plantações, na indústria. São agrônomos, engenheiros, geólogos, geógrafos, arquitetos, meteorologistas, tecnólogos e técnicos que nas mais variadas funções respondem por 70% do PIB nacional. Em nosso caso, desde presidentes, passando por conselheiros e chegando a cada um dos componentes do corpo funcional, todos sabem que é preciso aumentar a participação desses profissionais no processo eleitoral do Sistema Confea/Crea. Quanto mais eleitores, mais forte se torna a representação e maior nosso poder de influenciar em ações como a tramitação de projetos de lei no Congresso Nacional, tanto de interesse dos profissionais quanto da sociedade. Um deles é o que regulamenta o Estatuto das Cidades e cria a prestação de serviços gratuitos para a construção de casas para famílias de baixa renda e que terá reflexos, inclusive, no ordenamento das grandes cidades. A força dessa representação e a transparência administrativa, somadas ao planejamento estratégico têm demonstrado resultados palpáveis nas ações capitaneadas pelo Confea, entre elas a assinatura de convênios com o Ministério da Educação (MEC), Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica (Abipti), Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Dentro desse quadro, a realização no Brasil, do 3º Congresso Mundial de Engenheiros é outra iniciativa de destaque. No próximo dia 04 de junho, das 09 às 17h, horário local, cobrindo todo o território, urnas eletrônicas programadas pelo TSE estarão à disposição dos eleitores nas sedes do Confea em Brasília, dos Creas - nas capitais, nas inspetorias e também em escritórios e representações locais dos Conselhos Regionais. Serão eleitos os ocupantes de cargos de presidentes do Conselho Federal e de 27 Conselhos Regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Também estão em disputa sete cadeiras do plenário federal. Elas serão ocupadas por representantes das Instituições de Ensino Superior do grupo de Engenharia, e dos seguintes Estados e Modalidades: Pará/Industrial; Paraíba/Eletricista; Goiás/Civil; Tocantins/Agronomia; Pernambuco/Arquitetura; e do Rio de Janeiro/Técnicos Agrícolas. Com duração de três anos, os mandatos vigoram de janeiro de 2009 a dezembro de 2011. São três anos durante os quais muito se pode fazer para atualizar a legislação profissional às práticas e necessidades de um mercado de trabalho que só tende a crescer tendo por base o ritmo de desenvolvimento alcançado pelo país, especialmente em 2007, quando o PIB alcançou 5,2%. Embora o voto não seja obrigatório, a participação de eleitores na decisão dos destinos do Sistema confea/Crea vem aumentando. Em 2003, foram cerca de 55 mil eleitores. Em 2006, quando da última eleição, perto de 70 mil profissionais compareceram às urnas. O Confea vem trabalhando insistentemente para tornar o processo eleitoral cada vez mais transparente. As urnas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a parceria com o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, a proposta de um debate entre os candidatos à presidência do Confea - a ser transmitido por nosso programa de TV Pensar o Brasil - são ações que demonstram empenho na lisura de nossas eleições. Encerrada a votação e iniciados os trabalhos de apuração, além dos nomes eleitos, saberemos quantos eleitores tivemos. Anunciar que essa participação superou nossas expectativas será uma das melhores notícias a ser publicada por nossos veículos de informação. Participe! *Ricardo Veiga Presidente em exercício do Confea