Conduzida pelo presidente em exercício Joaquim Paiva de Paula, a reunião plenária N° 751 do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), realizada dia 09 de junho no plenário Eng. Civil Rubens Paes de Barros, foi marcada pela apreciação de 58 processos de autos de infração. Sendo um da Comissão Orçamentária e Tomada de Contas e sete processos Ad Referendum.

“Esta foi a primeira sessão plenária logo após as medidas de prevenção do COVID-19, nós do conselho tomamos todos os critérios cabíveis para o controle de proliferação do vírus, tais como, o distanciamento, uso de máscaras e álcool em gel. As reuniões de diretoria e das câmaras especializadas ficaram a critério da maioria dos conselheiros  onde  algumas foram realizadas presenciais e outras por meio de vídeo conferencia, ambas para dar celeridade nos processos que tangem ao Conselho, como no resguardo da sociedade e dos profissionais mato-grossense”, destaca o presidente Paiva.

No decorrer da reunião, o gerente Administrativo e Financeiro do Conselho Regional, Helber Lanzierre por meio da Comissão de Orçamento e Tomada de Contas (COTC) apresentou o balancete de 2019 ao plenário. “Estamos cada vez mais apresentando  um  balancete amplo e transparente, para conhecimento dos conselheiros de como está sendo os gastos do Regional”, informou o gerente Financeiro do Crea-MT.

SESSÕES PLENÁRIAS – O Plenário é o órgão de segundo instância deliberativo do sistema Confea/Crea, constituído pelo presidente e por conselheiros regionais. Os conselheiros são representantes das associações de classe, instituições de ensino e sindicatos das categorias registradas no Conselho, tendo cada um deles seu respectivo suplente, ambos com mandato de três anos.

Compete ao Plenário do Crea-MT, entre outras atribuições, regulamentar questões de integração com o Estado e a sociedade, de habilitação e fiscalização profissional, de controle econômico-financeiro. Decidir em segunda instância sobre processos de infração à legislação e ao Código de Ética Profissional, entre outras competências fixadas pelo Regimento Interno.

Atualmente, o Crea-MT tem 42 conselheiros efetivos, com igual número de suplentes. As sessões plenárias ordinárias são realizadas mensalmente. É necessária a presença de 50% mais um, para que as reuniões sejam realizadas. O Pleno do Crea-MT tem ainda sua composição renovada em 1/3 anualmente.

Igor Bastos – Gerência de  Relações Públicas, Marketing e Parlamentar(GEMAR)