Mais de 70 profissionais do Sistema Confea/Crea presentes no 11° CEP no Norte de MT

28 de junho de 2022, às 10h46 - Tempo de leitura aproximado: 4 minutos

O 11° Congresso Estadual de Profissionais de Mato Grosso (CEP), realizado nas cidades de Sorriso, Lucas do Rio Verde e Nova Mutum, municípios do Norte do estado dias 23 e 24 de junho contou com a presença de mais de 70 profissionais das modalidades das Engenharias: Civil. Agronômica, Elétrica, Sanitária, Florestal, ambiental, além de tecnólogos.

O presidente do Crea Mato Grosso, eng. civil, Juares Samaniego detalhou que o principal tema deste ano é sobre o “ Desenvolvimento nacional com implantação de políticas públicas para a Engenharia, Agronomia e Geociências, e que o CEP passará pelos 24 municípios do estado até o mês de agosto de 2022. “ Município na qual temos inspetorias do Conselho.    O encontro é feito a cada três anos em todos os estados do Brasil, a ideia é   apresentar, discutir, aprovar e encaminhar às Comissões Organizadoras Regionais proposições que defendam a discussão dos temas centrais, propondo à participação dos profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências do Sistema Confea/Crea no desenvolvimento nacional, visando maior integração com a sociedade e entidades governamentais.

Para o conselheiro, geólogo Caiubi Kuhn, essa etapa realizada nos três municípios do Norte de Mato Grosso veio ao encontro das necessidades dos profissionais dessas regiões. “ Ou seja, uma oportunidade para os engenheiros e tecnólogos debaterem assuntos relacionados as modalidades do Sistema, além de ouvir e apresentar sugestões do que precisa ser melhorado em prol dos profissionais, visando a segurança da sociedade”, disse Caiubi.

Já o conselheiro, eng. civil, Roberto Vasconcelos que fez parte dos encontros, o CEP é uma ferramenta     que oferece oportunidades e ao mesmo tempo espaço para avaliação, debate e definição de estratégias, planos e programas de atuação em suas áreas, por meio de propostas de mudanças nos normativos que regulamentam o exercício da profissão. “ Na oportunidade foi mostrado como funciona o Sistema Confea/Crea e Mútua, deixando claro aos profissionais, quais são as atribuições, ou seja, a fiscalização dentre outras funções, propondo proteção da sociedade da atuação de leigos.  Uma das principais reivindicações é a qualidade dos profissionais que estão entrando agora no mercado”, ressaltou Vasconcelos.

A coordenadora do CEP em Mato Grosso, conselheira eng. civil Marciane Prevedello Curvo, explica que o evento tem como objetivo integrar profissionais das Engenharias, Agronomia e Geociências a sociedade e entidades governamentais. Isso se faz possível com aprovação e encaminhamento, às Comissões Organizadoras Regionais, de proposições que defendem a discussão de temas centrais.

“As propostas apresentadas durante o CEP serão levadas ao Congresso Nacional de Profissionais (CNP), que será realizado entre os dias 6 e 8 de outubro, em Goiânia. O evento visa a discussão e proposição de políticas, estratégias, diretrizes e programas de atuação. O objetivo é incentivar a participação de profissionais das áreas abrangidas pelo Sistema Confea/Crea no desenvolvimento nacional”, destacou Marciane.

Durante o encontro , o  conselheiro, eng. civil  André Schuring, ressaltou que o  Crea-MT é um órgão público de autarquia federal especial da administração indireta, de abrangência nacional de instância máxima na regulamentação do exercício profissional, que zela pela ética profissional da Engenharia, Agronomia e das Geociências, fiscaliza o exercício e as atividades dessas modalidades, atendendo à sociedade e o profissional, além de registrar tabelas de honorários elaboradas pelas entidades de profissionais, sem fins lucrativos.

“ A função do Sistema é proteger a sociedade, conferir atribuições, valorizar o profissional, definir as penalidades, compor as Câmaras Especializadas e a estrutura organizacional, o pleno, comissões permanentes e especiais, bem como grupos de trabalho, presidência, diretoria e inspetorias”, salientou André explicando que existem cinco Câmaras Especializada no Crea-MT: Civil, Agronomia,  Elétrica, Florestal e de Geo, Minas e Industrial, e que o pleno  é composto por 42 conselheiros titulares e suplentes.

Programação dos próximos encontros:

12/07/2022 – 10º Encontro Regional Pré Congresso em Tangará da Serra – FACULDADE ANHANGUERA (Antiga UNIC) –  19H

13/07/2022 – 11º Encontro Regional Pré Congresso em Campo Novo do Parecis – INSPETORIA DO CREA-MT – 10H

13/07/2022 – 12º Encontro Regional Pré Congresso em Diamantino – INSPETORIA DO CREA-MT – 19H

15/07/2022 – 13º Encontro Regional Pré Congresso em Várzea Grande – INSPETORIA DO CREA-MT – 18H

21/07/2022 – 14º Encontro Regional Pré Congresso em Pontes e Lacerda ­- INSPETORIA DO CREA-MT – 19H

22/07/2022 – 15º Encontro Regional Pré Congresso em Mirassol D’Oeste – INSPETORIA DO CREA-MT – 10H

22/07/2022 – 16º Encontro Regional Pré Congresso em Cáceres – UNEMAT – 19H

28/07/2022 – 17º Encontro Regional Pré Congresso em Canarana — INSPETORIA DO CREA-MT – 19H

29/07/2022 – 18º Encontro Regional Pré Congresso em Água Boa – CÂMARA MUNICIAL DE VEREADORES – 10H

29/07/2022 – 19º Encontro Regional Pré Congresso em Barra do  Garças – UNICATHEDRAL CENTRO UNIVERSITÁRIO – 19H

03/08/2022 – 20º Encontro Regional Pré Congresso em Rondonópolis – UNIC – 19H

04/08/2022 – 21º Encontro Regional Pré Congresso em Jaciara – CÂMARA MUNICIAL DE VEREADORES – 10H

04/08/2022 – 22º Encontro Regional Pré Congresso em Primavera do Leste – AEAPL – 19H

05/08/2022 – 23º Encontro Regional Pré Congresso em Campo Verde – INSPETORIA DO CREA-MT – 10H

11/07/2022 – 24º Encontro Regional Pré Congresso em Sapezal – INSPETORIA DO CREA-MT – 19H

18/08/2022 – 11º Congresso Estadual de Profissionais em Cuiabá –

Cristina Cavaleiro Costa/Gerência de Relações Públicas, Marketing e Parlamentar (GEMAR)/Foto: Igor Bastos