De 07 a 29 de junho, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), realizará fiscalização para verificar a existência de exercício profissional ligados ao sistema Confea/CREA em 39 municípios do interior do Estado. Esta semana, os agentes iniciam a fiscalização de construção civil e obras públicas dos municípios de Ribeirão Cascalheira e Querência.

As ações têm o propósito de verificar a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e existência de profissionais habilitados em obras e serviços relacionados a Engenharia, Agronomia e Geociências.

Além de construção de civil e obras públicas, os agentes fiscalizarão armazéns gerais, contratos e obras públicas, de ISSQN, postos de combustíveis, industrias, frigoríficos, laticínios, usina de placa solar, usinas e denunciar da ouvidoria do Crea-MT.

De acordo com o gerente da Fiscalização do Conselho, Jackson Paulo da Conceição, a ação tem o objetivo de garantir a segurança da sociedade averiguando se esses serviços citados estão sendo prestados por profissionais devidamente registrados no Crea-MT. “Através da fiscalização, impedimos que pessoas sem qualificação exerçam as atividades de profissionais que estudaram e estão aptos a exercer a sua profissão.  Os trabalhos são desenvolvidos com as devidas proteções exigidas pelo Ministério da Saúde”, explicou Jakson Paulo.

Confiram os municípios que receberão as ações fiscais do Crea-MT

Ribeirão Cascalheira, Querência, Bom Jesus do Araguaia, Alto Boa Vista, São Félix do Araguaia, General Carneiro, Araguaiana,   Torixoréu, Ribeirãozinho, Ponte Branca, Araguainha,  São José do Rio Claro,    Nova Maringá, Diamantino, Santa Rita do Trivelato, Colíder, Santa Carmem, União do Sul,    Marcelândia, Cláudia, Terra Nova do Norte, Peixoto de Azevedo, Novo Mundo, Matupá, Comodoro, Rondolândia, Araputanga, São José dos Quatro Marcos, Reserva do Cabaçal, Porto dos Gaúchos, Novo Horizonte do Norte, Tabaporã, Juína, Castanheira, Juruena, Cotriguaçu, Aripuanã, Colniza e Alto Taquari.

Cristina Cavaleiro/ Gerência de Relações Públicas, Marketing e Parlamentar (GEMAR)/Fotos: Rennan Kawahara