O presidente do Regional Mato-grossense, João Pedro Valente, está participando de uma extensa programação em Brasília, dentro dos trabalhos está a primeira Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes (CP), realizada quarta-feira, 12 de fevereiro. De acordo com Valente, o encontro foi marcado por um sinal de alerta dado pelo presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), eng. civ. Joel Krüger, sobre questões prioritárias que dizem respeito ao futuro do Sistema Confea/Crea e Mútua, atualmente composto por mais de um milhão de profissionais e 265 mil empresas.

Em relação a PEC 108, o presidente do Confea destacou o trabalho dos presidentes dos Conselhos Regionais frente às suas respectivas bancadas federais na busca de apoio pela não aprovação da proposta e ressaltou a necessidade da integração nas ações. “Temos a convicção de que não podemos trabalhar separados, desunidos. O momento exige união, uma estratégia fundamental para fortalecer nosso Sistema”, disse Joel Krüger. Antes de encerrar sua participação na reunião do CP, Krüger enfatizou que 2020 será desafiador em função das diversas proposituras que tramitam no Congresso Nacional e que dizem respeito à Engenharia, a Agronomia e a Geociência e, também, por ser um ano eleitoral para o Sistema Confea/Crea. “Teremos muitas demandas, mas acredito que será um ano produtivo para todos nós”, relatou o presidente do Confea

Coordenador reeleito do CP, Antônio Aragão

O coordenador reeleito do Colégio de Presidentes (CP) e presidente do Crea-PB, eng. civ.   Antônio Aragão, iniciou os trabalhos da pauta da primeira reunião ordinária agradecendo o apoio do presidente do Confea ao trabalho do CP, especialmente na interlocução com os conselheiros federais, no sentido de chegar a um consenso, dialogar, discutir e aprovar as demandas encaminhadas pelo colegiado. Antônio Aragão também agradeceu o apoio dos conselheiros federais e reforçou a importância de estreitar a relação com o objetivo de que possam conhecer melhor as demandas, anseios e necessidades de todos os Creas.

Em seguida, a presidente do Crea-DF, anfitriã da reunião, Fátima Có, iniciou sua fala com um agradecimento especial aos presentes e chamou a atenção para a responsabilidade das lideranças presentes. “Temos mais de um milhão de profissionais em nosso Sistema que esperam e apostam em nossas ações e estratégias para as melhorias tão almejadas. Avançamos muito, mas temos que seguir em frente, buscando novas conquistas e, principalmente, conscientizando os poderes constituídos e a sociedade em geral da importância da Engenharia, um caminho que leva a valorização profissional”, destaca Fátima.

Mútua parabeniza gestão

Uma gestão transformadora e compromissada. Com essas palavras a diretora nacional da Mútua, Giucélia Figueiredo, definiu a atuação do presidente Joel Krüger à frente do Confea. “A atual gestão tem protagonizado a engenharia nacional e dado visibilidade ao Conselho Federal, às nossas profissões e mostrado ao conjunto da sociedade à importância da Engenharia como motivadora do processo de desenvolvimento sustentável que gera emprego, renda e inclusão social. O presidente Joel Krüger tem mostrado a importância do exercício profissional, o que reflete na valorização da engenharia nacional e dos profissionais da área”, avaliou Giucélia.

O empenho dos presidentes dos Conselhos Regionais também foi destacado pela diretora nacional da Mútua. “O trabalho realizado por este colegiado é estratégico e fundamental do ponto de vista da consolidação do Sistema Confea/Crea/Mútua. E os avanços são nítidos nos diálogos com a sociedade e com os poderes constituídos, mostrando a importância das nossas profissões”, disse ela.

 

Cristina Cavaleiro/Equipe de Comunicação do Crea-MT com assessoria do Confea