Durante a sessão plenária realizada 10 de setembro, a gerente de Obras e Projetos (Gepro) do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), Eng. Civil Sonia Josete Ribeiro apresentou o projeto do estande do Crea Mato Grosso  que será instalado na 76° Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), que acontece entre 16 e 19 de setembro, em Palmas (TO). A gerente da Gepro disse que a adesivagem do local foi pensada de modo a destacar a diversidade do estado de Mato Grosso, com imagens que representam a fauna, a cultura, o agronegócio e a engenharia e paisagem urbana de Cuiabá.

No estande serão apresentados os trabalhos duas Câmaras Setoriais Temáticas (CSTs). A CST em Favor da Engenharia e Desenvolvimento Logístico de Mato Grosso e a CST stabelecer a Estratégia da Agronomia e da Engenharia para o Crescimento Sustentável do Estado de Mato Grosso.

A engenheira apresentou projetos para construção de inspetorias através da plataforma BIM, que é um processo que começa com a criação de um modelo 3D inteligente que permite o gerenciamento, coordenação e simulação de documentos durante todo ciclo de vida de um projeto (planejamento, projeto, construção, operação e manutenção).

A gerencia de projetos e obras do Crea-MT desenvolve trabalhos de elaboração de projetos, orçamentos, maquetes eletrônicas, além da fiscalização a acompanhamento de obras, que demandam a utilização de diversas ferramentas de desenho, ilustração, modelagem, e qualificação, sendo empregadas nessa plataforma. Dessa forma, o Conselho pretende dar continuidade na utilização da metodologia BIM, abrindo espaço para que outros órgãos possam participar da Alta de Registro de Preço Participe em andamento.

João Pedro Valente que presidiu a mesa da sessão plenária, juntamente com o diretor administrativo Marcelo Cesar Capellotto França, vice-diretor Administrativo, Sinvaldo Gomes de Moraes e o diretor Financeiro, Victor Juliano Barroso dos Santos falou sobre o Encontro de Fiscalização do Centro-oeste que será realizado no Crea-MT de 07 a 08 de outubro, informando que as Câmaras Especializadas e Comissões tem até o dia 12/09 para entregar os planos de trabalhos para aprovação e a prorrogação de inscrições e prazos do patrocínio, que vai até o dia 30 de setembro.

Na palavra livre, o conselheiro, geólogo Caiubi Emanuel Souza Kuhn apresentou o livro sobre a Geologia na Construção e Desenvolvimento Sustentável do Brasil lançado durante XVI Simpósio de Geologia do Centro-Oeste no dia 09 de setembro na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus Cuiabá.

“O lançamento da obra marca as comemorações dos 40 anos da Federação Brasileira dos Geólogos (Febrageo). No livro são apresentadas importantes contribuições da Geologia para o país e o ensino e normatização profissional, trazendo um debate interessante para que a comunidade geológica e a sociedade possam entender um pouco mais sobre o que foi essa contribuição da geologia para o Brasil e como o estado atual de desenvolvimento dela no país. O livro está sendo lançado em diferentes cidades e locais do país, inclusive em Rio Claro em São Paulo, e também em um evento na Universidade de São Paulo, na Usp”, detalhou o conselheiro do Crea Mato Grosso e vice-presidente do Clube dos Geólogos de Cuiabá (Geoclube), geólogo Caiubi Kuhn.

A obra teve o patrocínio do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e a participação dos autores do estado de Mato Grosso, os   geólogos conselheiro do Crea Mato Grosso   Caiubi Emanuel Souza Kuhn e a   Sheila Klener Jorge, presidente da Associação dos Profissionais Geólogos do Estado de Mato Grosso (Agemat) e vice-presidente da Federação Brasileira dos Geólogos (Febrageo) Núcleo Centro Oeste.

O livro tem seis capítulos que tratam da trajetória do conhecimento geológico no Brasil, o setor Mineral e a Fundação da Geologia no desenvolvimento Sustentável, Geologia de Engenharia, Riscos Ambientais e Planejamento Territorial, o Brasil, o Petróleo e Geologia, Águas Subterrânea: Olhando para o futuro e a Legislação, Ensino e Exercício Profissional da Geologia.

Ainda na palavra livre, o diretor geral da Mútua-MT Adjane Prado falou sobre o Arraiá dos engenheiros realizado no mês de agosto com a arrecadação de alimentos que foram doados para o Asilo dos Idosos.

O conselheiro Clóvis Albuquerque falou sobre o 25°   Costelão do Engenheiro Agrônomo promovido pela Associação dos Engenheiros Agrônomos de Primavera do Leste (AEAPL) que ocorreu dia 25 de agosto no município de Primavera do Leste, onde doou os recursos arrecadado para entidades filantrópicas da cidade. A conselheira Deise Morimoto falou sobre as instalações do Crea Mulher nos Regionais do país e a importância do programa para as engenheiras.

Pelo menos 45 processos foram apreciados, sendo 42 de infração a legislação, dois registros de pessoas jurídicas e um de instituição de ensino, sendo que um processo de infração a legislação teve vista. Na ocasião, a Comissão de Renovação do Terço (CRT) homologou deliberações.

No mesmo dia, das 14h às 16h45, ocorreram as reuniões mensais das Câmaras Especializadas do Conselho: Engenharia Civil, Engenharia Florestal, Engenharia Elétrica, Agronomia e de Geologia, Minas e Industrial. As Câmaras Especializadas são órgãos deliberativos no que diz respeito a examinar e decidir sobre assuntos relacionados à fiscalização do exercício profissional e as infrações ao Código de Ética que chegam ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT).

Texto: Cristina Cavaleiro/Fotos: Igor Bastos/Equipe de Comunicação do Crea-MT