A cada triênio, o Crea-MT realiza o Congresso Estadual de Profissionais (CEP), seguido da etapa nacional. Estes eventos oferecem aos profissionais oportunidades de espaço para avaliação, debate e definição de estratégias, planos e programas de atuação em suas áreas, por meio de propostas de mudanças nos normativos que regulamentam o exercício da profissão. A participação dos profissionais é muito importante, especialmente em suas jurisdições, inspetorias, instituições de ensino, entidades de classe e demais organizações que integram o Sistema Confea/Crea-MT em Mato Grosso, pois é uma forma de avaliar, debater e apontar melhorias para a regulamentação de suas profissões, refletindo na valorização de seu trabalho.

“O Congresso de Profissionais tem o objetivo de ouvir todas as partes que formam o Sistema Confea/Crea, para posteriormente planejar as ações”, comenta o Presidente do Crea-MT, João Pedro Valente. A conselheira coordenadora do 10ºCEP-MT, e segunda vice-presidente do Crea-MT, Marciane Prevedello Curvo, conta que “historicamente temos propostas que chamam a atenção, como as questões sobre o exame de ordem, o EAD, segurança do trabalho, prevenção contra incêndio, debates sobre a ART, entre outras. Esses são assuntos que tendem a dominar as discussões e entendemos que eles estarão novamente em pauta neste ano”, diz.

Em Mato Grosso, as reuniões preparatórias de alinhamento e apresentação do 10º CEP com as diretorias das associações, sindicatos, Mútua-MT, entre outros setores inicia oficialmente em junho, segundo calendário protocolado pela Comissão Organizadora do CEP regional. Segundo Marciane, já nas reuniões Micro Regionais, os profissionais registrados no Sistema Confea/Crea no Estado terão a oportunidade de manifestar suas demandas e sugestões, por meio de formulário. “Faremos reuniões para debater os temas propostos e tirar dúvidas. As propostas aprovadas nessa etapa são pautadas para a próxima fase, o 10ºCongresso Estadual de Profissionais. É muito importante participar das reuniões preparatórias de alinhamento e também das Micro Regionais para registrar sua sugestão e debater com os demais profissionais suas ideias”, explicou a coordenadora.

Marciane também lembra que nestas reuniões são escolhidos os delegados. Profissionais que representarão as regiões do Estado no 10ºCEP. Conforme o regulamento, podem se candidatar a delegados os profissionais que apresentarem propostas de melhorias ao Sistema Profissional nas reuniões preparatórias, que estejam em dia com a anuidade e que não tenham infrações ao Código de Ética Profissional.

CEP – Congresso Estadual de Profissionais – Nessa etapa ocorre a apresentação e aprovação das propostas que foram previamente analisadas nas reuniões preparatórias e nas micro regionais. As propostas aprovadas no CEP seguem então para a última etapa, o Congresso Nacional de Profissionais (CNP).

CNP – Congresso Nacional de Profissionais – É a última etapa, onde são reunidas todas as propostas dos Estados e do Distrito Federal, submetidas à aprovação pelas delegações dos Conselhos Regionais de todo o país. O 10º CNP será em Palmas, Tocantins, de 19 a 21 de setembro de 2019, organizado pela Comissão Organizadora Nacional – CON, do Confea.

Composição da Comissão Regional do CEP – Membros Titulares: 1. Marciane Prevedello Curvo (Coordenadora), 2. Claudio Luiz Terzi, 3. Sebastiao Weis de Andrade Junior, 4. Joaquim Teodoro da Silva Neto, 5. Edson Domingues de Miranda, 6. Suzan Lannes de Andrade (Coordenadora-adjunta). Membros Suplentes: 1. Adilson Amorim Brandão, 2. Walter José Souza Buzatti, 3. Celia Regina Mazzer Cunha, 4. Edinete Ferreira Guimarães de Morais, 5. José Augusto da Silva, 6. Eduardo Delmondes Goes.

*Rafaela Maximiano/Crea-MT