Vista panorâmica de Sapezal

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) está intensificando as ações contra o exercício ilegal das profissões registradas no Conselho e cobrando o recolhimento da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) de obras e serviços públicos e privados. Nesta semana, de 11 a 16/06, o foco é a região de Sapezal distante 530 km da capital, onde a inauguração do novo prédio da Inspetoria, mais moderna, prevista para a próxima sexta-feira, 15 de junho, às 19h, deve reforçar a fiscalização contra empresas e pessoas que cometem irregularidades no âmbito do Sistema Confea/Crea e contra à sociedade.

Durante a operação os agentes fiscais irão visitar empreendimentos que necessitam de profissionais das diversas modalidades da engenharia, avaliando se as mesmas têm um responsável técnico registrado e habilitado pelo Conselho. “Cabe ao Crea-MT fiscalizar o exercício e a atividade desenvolvida pelos profissionais da área tecnológica que trabalham em Mato Grosso. Estamos atuando para salvaguardar a sociedade de leigos ou pessoas que não sejam habilitadas”, explica o gerente de Fiscalização, Jackson Paulo da Conceição.

Além de Sapezal, fiscalizamos também o município de Campos de Júlio e em ambas as ações estão sendo vistoriados, obras civis, postos de combustíveis, comércio de defensivos, obras públicas, indústria e hospitais”, informou o gerente.

Os fiscais do Conselho estarão nos empreendimentos fazendo a verificação se há efetivamente a participação de um profissional registrado no Crea-MT e se estão registradas as Anotações de Responsabilidade Técnica (ART), documento que comprova a legitimidade da prestação do serviço daquele profissional.

*Equipe de Comunicação do Crea-MT