O engenheiro agrimensor é responsável por descrever, definir e monitorar espaços físicos nos quais serão instaladas obras de engenharia. Para isso, realiza cálculos sobre as fundações e sobre as características do solo, por meio de imagens de satélites, fotografias aéreas e sistemas de posicionamento global. Para homenagear esse profissional do Sistema, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT), entrevistou o conselheiro da Câmara Especializada de Engenharia Civil (CEEC) e membro da Associação Rondonopolitana de Engenharia (AREA), engenheiro agrimensor Fernando Cesar Munhóz Garcia. Graduado em Engenharia de Agrimensura em Araraquara, no estado de São Paulo   em 1984 e pós- graduado   em Avaliação de Imóveis em 2006 pela faculdade Rondon. Em seu currículo profissional também está incluso técnico   em Transações Imobiliário em 1998 na Instituição Colégio Candido Rondon, técnico de Meio Ambiente  em 2010 e Técnico de Segurança do Trabalho 2012.  O engenheiro agrimensor tem uma vasta experiência na área, desenvolvendo vários trabalhos em empresas de engenharia e órgão público.

GEMAR-   Qual maior desafio da profissão e o que faz um engenheiro agrimensor ?

Fernando- Ser um profissional de engenharia que presa os bons costumes, que seja compromissado com aquilo que faz, seja competente.

A carreira de um agrimensor certamente apresenta uma ampla gama de desafios. A grande variabilidade de aplicação dos conhecimentos, é  responsável pelo número de situações complexas pelas quais o profissional pode passar.

A medição de áreas, por exemplo, permite ao profissional a realização do trabalho em territórios terrestres e marítimos, determinando a posição e a forma da sua utilização. Já em uma obra, os desafios estão ligados aos cálculos de aterros, fundações e a análise correta dos dados fornecidos pelo solo.

A diferente gama de projetos possíveis também representa um grande desafio, pois são empreendimentos que exigem o máximo desse profissional. Dentre esses, destacam-se o planejamento, projeto e execução de pontes, barragens, estradas, sistemas de drenagem, irrigação e abastecimento de água, edificações dos mais diversos tipos. Enfim, infinitas possibilidades.

Até mesmo a área jurídica é um campo promissor para esse engenheiro. Um profissional de agrimensura pode se especializar na execução de perícias em caso de litígio de divisas, inventários, documentação e desapropriação de terrenos.

Na área rural, pode atuar em contendas relacionadas com a definição de áreas de plantio, vazão de água dos rios, medição do nível pluviométrico e projetos de reflorestamento.

Além de toda a amplitude de atuação do profissional, o mercado de agrimensura exige que ele esteja sempre atento ao mercado. A inovação se tornou essencial para que a profissão continuasse presente.

Logo, é preciso estar atento às principais novidades e equipamentos que estão sendo lançados, sobretudo os que simplificam os trabalhos burocráticos e fornecem informações mais precisas para o processo de análise.

GEMAR- Quais seguimentos esse profissional pode atuar?

Fernando- Em regra geral, um profissional de agrimensura é responsável pela análise de dados geográficos e medições de terrenos. Todo tipo de obra precisa de estudos preliminares do espaço territorial, determinação de posições terrestres, avaliação e planejamento de ambientes físicos, entre outros aspectos que compõem um estudo de agrimensura. O processo de dimensionamento de terrenos, elaboração de plantas de infraestrutura e a delimitação de propriedades são atribuições do profissional. Destaca-se também a atuação em grandes projetos, realização de serviços como o georreferenciamento de imóveis rurais, levantamentos hidrológicos e hidrográficos, projeto de loteamentos, controle ambiental, planejamento de sistemas de rede elétrica, medição de terrenos e objetos tridimensionais e a interpretação de geográfica do território analisado. Para executar todas essas atividades, o engenheiro agrimensor precisa ter expertise para utilização de equipamentos de alta precisão para execução de suas atividades.

 

Cristina Cavaleiro/ Gerência de Relações Públicas, Marketing e Parlamentar (GEMAR)


]