Crea-MT fará fiscalização em 50 municípios e dois distritos durante mês de junho

3 de junho de 2022, às 14h55 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

Tem início na próxima segunda-feira, 06 de junho, as ações fiscais do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) previstas para este mês. As fiscalizações seguem até o dia 1º de julho e serão realizadas em 50 municípios e dois distritos do Estado, tendo como alvo: Obras públicas e particulares, construção civil, postos de combustíveis, usinas, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH), área rural, indústrias como: frigoríficos e laticínios, armazenagem de grãos, contratos e ISSQN.

“A fiscalização visa garantir a segurança da sociedade, buscando averiguar se os serviços das Engenharias, Agronomia e Geociências estão sendo executados por profissionais devidamente registrados no Conselho. Por meio das ações fiscais impedimos que pessoas sem qualificação exerçam as atividades de profissionais legalmente habilitados”, explanou o gerente de Fiscalização do Crea-MT, Jakson Paulo da Conceição.

Ainda segundo Jakson, as ações têm o propósito de verificar a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e a existência de profissionais habilitados em obras e serviços relacionados a Engenharia, Agronomia e Geociências.

Municípios: Alto Araguaia, Alto Boa Vista, Alto Garças, Alto Taquari, Araguaiana, Araguainha, Araputanga, Aripuanã, Barão de Melgaço, Bom Jesus do Araguaia, Castanheira, Cláudia, Colíder, Colniza, Comodoro, Cotriguaçu, Dom Aquino, General Carneiro, Guiratinga, Itaúba, Jaciara, Juína, Juruena, Juscimeira, Lucas do Rio Verde, Luciara, Marcelândia, Matupá, Nova Canaã do Norte, Nova Guarita, Nova Santa Helena, Paranatinga, Peixoto de Azevedo, Querência, Reserva do Cabaçal, Ribeirão Cascalheira, Ribeirãozinho, Rondolândia, Santa Carmem, Santo Antônio do Leste, Santo Antônio do Leverger, São Félix do Araguaia, São José do Povo, São José dos Quatro Marcos, São Pedro da Cipa, Sorriso, Tesouro, Terra Nova do Norte, Torixoréu, União do Sul. Distritos: de Espigão do Leste e Ponte Branca.

Texto: Sarah Mendes sob supervisão de Cristina Cavaleiro Costa/Gerência de Relações Públicas, Marketing e Parlamentar (GEMAR) /Fotos: Igor Bastos