De 22 a 26 de fevereiro, obras civis, postos de combustíveis, comércio de defensivos, industrias, viveiros, laudo de parcelamento de solo em loteamento, Sistema de Tratamento de Água e Esgoto, foram alvo da “Operação Pente Fino” do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT).

“A fiscalização das atividades da Engenharia, Agronomia e Geociências é o “carro-chefe do Crea-MT”.  Durante a abordagem é averiguada a presença de profissionais registrados no Sistema nos empreendimentos, bem como a  checagem  dos registros das Anotações de Responsabilidades Técnicas (ART) pelos serviços de Engenharia prestados nesses locais”, ressaltou o presidente do Crea-MT, Juares Samaniego.

“ Os trabalhos são realizados com as devidas proteções exigidas pelo Ministério da Saúde, com uso de máscaras e álcool.   As ações visam coibir a atividade exercida por leigos e garantir a segurança da sociedade. Serão checadas ainda, denúncias registradas junto a Ouvidoria do Crea-MT nos municípios fiscalizados”, explicou o Gerente de fiscalização do Crea Mato Grosso Jakson Paulo da Conceição.

Mato Grosso- A equipe de fiscalização do Crea-MT também está realizando  ações de rotina nos  municípios de: Diamantino,  Chapada  dos Guimarães,  Planalto da Serra, Nova  Brasilândia, Jauru , Indiavaí, Figueirópolis  D’ Oeste, Vale de São Domingos, Denise, Nova Olímpia, Barra do Bugres,  Sorriso, Sinop, Vila Bela da Santíssima Trindade, Pontes e Lacerda, Nova Lacerda, Conquista D’Oeste, Nova Xavantina, Campinápolis, Querência, Ribeirão Cascalheira, Bom Jesus do Araguaia, Dom Aquino, Juscimeira, Rondonópolis, Jaciara, Guiratinga, São José do Povo, Tesouro, Novo Santo Antônio, Serra Nova Dourada e nos distritos de Deciolândia  e Ponte de Pedra. Checando cultivos, armazenagem manutenção, secadores, balanças e receituário agronômico.

Texto Cristina Cavaleiro/ Fotos: Igor Bastos/  Gerência de Relações Públicas, Marketing e Parlamentar (GEMAR)