Assumir a presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de Mato Grosso é uma honra em si, mas, aceitei este desafio, acreditando que esta autarquia tem como pilar a defesa da sociedade. Somos nós do Conselho que fiscalizamos a legalidade do exercício e da atividade de diversos profissionais ligados ao Sistema Confea, tudo para garantirmos que a população tenha a prestação e a execução de serviços de qualidade, com competência e eficiência.

Além disto, por estar há muitos anos participando do Conselho, conheço e acredito nos servidores que fazem com que esta instituição sirva a sociedade. Assim, também por eles, acredito que é possível melhorar a gestão do CREA, inovando e aperfeiçoando procedimentos e, consequentemente, ofertando melhores condições de trabalhos a todos. Neste sentido, pretendemos neste único ano de mandato, investir em tecnologia, melhorando tanto a parte de infraestrutura da nossa organização, como de sistemas, criando e ampliando os serviços on line, para garantir maior agilidade e conforto aos profissionais registrados no CREA-MT.

Pretendemos também manter a interiorização do Conselho, através das Inspetorias, fazendo manutenções e promovendo melhorias possíveis, contudo, como temos apenas um ano de mandato e, vivemos um período de grave crise econômica no país, não teremos condições de construir novas instalações.

Outra tarefa que nos cabe é fortalecer o CREA-MT e divulgar melhor sua missão, pois acreditamos que isto fortalecerá também as instituições representativas dos profissionais ligados ao Conselho, assim como estes mesmos profissionais, que são a razão de ser de nossa existência institucional. Enfim, ciente do pouco tempo que teremos como gestora, vamos buscar pavimentar um caminho sólido para que os próximos presidentes possam melhorar nossa autarquia e fortalecer ainda mais a atividade dos diferentes engenheiros, agrônomos, geólogos, geógrafos, meteorologistas, técnicos e tecnólogos que o Sistema abraça e busca promover.

Kateri Dealtina Felsky dos Anjos